(41) 3223-2570

   contato@spp.org.br

Logo

Compartilhar

XVIII Congresso Brasileiro de Nefrologia Pediátrica é sucesso de público

março 8, 2018 - Jorge

Nenhum Comentário

 “Cuidado do Paciente Pediátrico com Doenças Renais – Desafios Clínicos e Atualizações” foi o tema central do evento, o primeiro na área realizado em Curitiba. O Congresso teve dois convidados internacionais e três importantes pré-congressos.

A Dra. Lucimary de Castro Sylvestre foi a presidente do Nefroped.  Ela fez um alerta sobre o aumento da prevalência nas crianças e adolescentes de doenças consideradas “de adulto”, tais como hipertensão arterial sistêmica e litíase urinária (“pedra nos rins”). Segundo ela, as doenças dos rins e vias urinárias são um desafio para a pediatria, pois elas são muito variadas e podem ser silenciosas ou cursarem com sintomas inespecíficos e aparentemente inofensivos e que deveriam ser identificados inicialmente pelo pediatra. Um dos maiores problemas enfrentados no País, diz ela, é que há poucos centros públicos e poucos profissionais capacitados para o tratamento e o encaminhamento é tardio por falta de conhecimento dos pais sobre os sintomas e até mesmo dos profissionais no manejo destas patologias.

A presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Carmen Tzanno, esteve no XVIII Congresso Brasileiro de Nefrologia Pediátrica, e destacou a importância da integração entre nefrologistas e pediatras. “O número de nefropediatras ainda é muito pequeno no País, então contamos muito com esta capacitação e disseminação do conhecimento”. Para Carmen, os pontos altos do evento foram as participações internacionais de grande nome e nível científico: Franz Schaefer, da Alemanha, e Matthew Sampson, dos Estados Unidos, além do  lançamento da Rede Nacional de Síndrome Nefrótica, que segundo ela, é muito importante para o tratamento dos pacientes, principalmente os que estão em lista de espera de transplante renal.

Para a presidente do Departamento Científico de Nefrologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Pediatria, Nilzete Liberato Bresolin, o Congresso Brasileiro de Nefrologia Pediátrica é um marco para a comunidade da Nefropediatria. “Somos poucos mais de 300 profissionais especializados. Eventos como esse tornam-se um fórum de discussão com o que tem de mais moderno de evidências científicas e isso vai resultar no tipo de atendimento que será dado às crianças. Este evento ocorre a cada 3 anos e batemos palmas para as duas sociedades que representam este evento a Sociedade Brasileira de Nefrologia e a Sociedade Brasileira de Pediatria”. 

Jorge

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *